Cultura Francesa

A língua e a cultura francesas convidam os/as estudantes St. Patrick a experimentarem uma nova maneira de (vi)ver e falar o mundo. Os grupos tem contato com este novo idioma a partir de experiências com a culinária, com a arte e com o imaginário francês. 

A língua francesa é uma das mais importantes do globo. Mais de 500 milhões de pessoas falam francês nos cinco continentes. A chamada “Francofonia” engloba 68 estados e governos. O francês é a segunda língua estrangeira mais ensinada no mundo inteiro, após o inglês.

O conhecimento do francês abre as portas para contato com países como Canadá, Suíça, Bélgica e alguns do continente africano.

Além disso, a língua é o idioma referencial para a gastronomia, a moda, o teatro, as artes visuais, a dança e a arquitetura. Conhecer a língua francesa significa ter acesso, em versão original, aos grandes textos da literatura francesa e francófona, bem como ao cinema e à música.

O francês é a língua de Victor Hugo, Molière, Léopold Senghor, Edith Piaf, Jean-Paul Sartre, Alain Delon, Zinedine Zidane,entre outros.

OFICINAS DE ARTES

 

As oficinas de Arte envolvem criação e conhecimento, com propostas que articulam prática artística, apreciação e reflexão.

 

O espaço e o mobiliário da oficina permitem diferentes configurações, favorecendo a mobilidade dos alunos e a troca de ideias.

 

São propostas situações apropriadas aos diferentes grupos, com desafios ligados à experimentação e à apropriação de conhecimentos em desenho, pintura, colagem, escultura, instalação, fotografia, gravura.

 

 

Ao longo da escolaridade, os/as estudantes pesquisam procedimentos e descobrem possibilidades de criar novas formas de concretizar idéias.

Oficina de Astronomia

 

Desde o dia 08 de março os estudantes do Ensino Fundamental I estão com aulas dos grupos de trabalho, nas terças e quintas-feiras, turno da manhã, no novo complexo de ensino da St. Patrick chamado carinhosamente de Anexo.

 

Os grupos são organizados para que o intercâmbio de informações e ideias sejam privilegiados, por este motivo, os estudantes do 2º e 3º ano ficam juntos.

 

Durante a manhã os grupos fazem o rodízio em diferentes espaços no ambiente, realizando atividades planejadas pelos professores e professoras.

 

 

Astronomia

 

Desde os primórdios da história o ser humano olha para o céu a noite com curiosidade e admiração. Muitas foram às perguntas que surgiram instintivamente, muitas foram respondidas e outras ainda não. Então, durante as aulas os/as estudantes são desafiados a pensar sobre as incríveis descobertas realizadas pelos estudos da Astronomia: estrelas, constelações, planetas, cometas, meteoros, galáxias. Por isso as aulas começam com a mitologia e história da Astronomia e ao longo do semestre os grupos realizarão pesquisas sobre a exploração espacial. 

Aula Fenômeno

 

A Escola St. Patrick recebeu no dia 31 de Março o arquiteto e professor da Universidade Federal de Minas Gerais, Adriano Mattos Corrêa. Ele esteve na escola para participar de uma proposta diferenciada e bastante inusitada para os alunos: Aula Fenômeno!

 

A ideia partiu da assim chamada Aula Fenômeno, de incluir diferentes professores em uma mesma sala, contribuindo com diferentes conteúdos para uma mesma discussão. Desta vez foram professores de Arquitetura, História, Matemática, Geografia, Artes e Filosofia.

 

Com o título: "A invenção do corpo como arquiteto", esta Aula Fenômeno instigou os alunos a (re)conhecerem o espaço da escola conforme desafios para o corpo, o qual virou um instrumento que foi estendido ou que foi restrito: conhecer a escola de olhos vendados, se comunicar sem poder ouvir, andar com próteses de "asas", fazer trajetos sem utilizar degraus, conhecer a escola do ponto de vista das árvores, e muitos outros, sugeridos pela infinita criatividade dos alunos.

 

A Aula Fenômeno fez “provocações” aos jovens sobre as possibilidades, dificuldades, alternativas que são possíveis, para vencer os obstáculos da vida, do cotidiano, do mundo em que vivemos.

 

 

Colônia de Férias!

Esta época do ano é especial para a equipe da Escola St. Patrick. É o período de adaptação das crianças que vão entrar na educação infantil. Em janeiro, antes do início do ano letivo, a escola realiza a colônia de férias.

São dias de muitas brincadeiras, jogos, banhos de piscina e atividades recreativas como fazer meleca na terra com bastante água, ou até virar artista por alguns instantes. Este ano, aproximadamente 50 crianças participam.

Na St. Patrick as crianças participam de diversas situações para a construção progressiva de seus aprendizados, tanto na interação social como na cooperação com o outro. Ser autônomo significa assumir pequenas responsabilidades, respeitar o que é meu, o que é seu, o que é nosso, através de regras e limites para uma convivência agradável e saudável.

O ano letivo esta para começar e a colônia de férias é só um aquecimento. Muitos projetos, viagens, pesquisa e aprendizados vêm por ai. É só aguardar. 

                                           

Página 10 de 10