Ciência na Cozinha

Novo espaço esta mais bonito, moderno e adequado ao aprendizado dos alunos

Criado em 2008 para ser uma extensão da cozinha de casa, aliada as disciplinas tradicionais como português, matemática, história, geografia e ciências, o projeto Cozinha Pedagógica que mais tarde passou a se chamar Ciência Na Cozinha, hoje conta com um blog, centenas de receitas, amplo conteúdo e uma atividade que já faz parte da grade curricular da escola. Algo inédito na região quando criado e copiado exaustivamente por outras escolas como um "case" de sucesso pedagógico. E para seguir avançando com excelência e bons resultados, a direção da escola promoveu modificações no espaço da cozinha para este segundo semestre de 2016.

 

Um projeto de sucesso necessita de profissionais que estejam à altura do desafio proposto. Por isso, a escola convidou a arquiteta Marina Von Meusel para participar da remodelagem da cozinha.

Marina é de Passo Fundo, Mestre em Comportamento Ambiental do Espaço Urbano e das Edificações pela Universidade Federal de Santa Catarina. Fez Graduação sanduíche com honra ao mérito no curso de arquitetura e urbanismo pela Universidade de Passo Fundo e Università Roma Tre. Recentemente, atua como professora de graduação dos cursos de arquitetura e urbanismo e engenharia civil da IMED. Apresenta foco no desenvolvimento de projetos arquitetônicos voltados ao conforto ambiental e de baixo dispêndio energético. A arquiteta respondeu algumas perguntas sobre a elaboração do projeto e a proposta aplicada por ela na reforma do ambiente.


A partir do projeto do espaço da cozinha, o que você buscou propor com a reformulação?

O projeto da cozinha pedagógica é um projeto para uma escola que é muito especial. O espaço tenta remeter a pedagogia da escola St. Patrick, a qual prioriza a interação entre alunos e os instiga a investigarem e a desenvolverem diversas habilidades. Então foram criados espaços para os alunos trabalharem em grupo e que possibilitam a autonomia de trabalho das crianças. Ao mesmo tempo o ambiente é simples, tentando acolher todos, e apresenta em sua composição cores e texturas diversas como forma de incentivar o interesse dos alunos não somente pela gastronomia, mas sim à aprendizagem ativa do conteúdo de aula.

Que materiais você utilizou neste novo espaço?

No novo espaço utilizou-se madeira no piso, como forma de "aquecer" e tornar o espaço aconchegante. O uso da madeira contrasta e ameniza a utilização de superfícies frias presentes na cozinha, como o aço inox e os azulejos. Além disso, a composição de dois tons na parede, cinza e branco, ressaltam as cores dos detalhes das luminárias e dos próprios eletrodomésticos.

Que benefícios os alunos terão com este espaço reformulado?

Os alunos terão o beneficio de estarem em um ambiente que ressalta o conceito da escola. Além disso, a cozinha pedagógica da escola St. Patrick é um espaço multidisciplinar, onde todas as disciplinas se encontram e incentiva as crianças a expandirem a forma de visualizar e aprender os conteúdos das aulas, de forma mais interativa por meio de situações cotidianas, como o ato de cozinhar. 

 



© 2017 Escola St Patrick - Rua General Netto, 870 - Passo Fundo-RS